#1 Carta para a minha Melhor Amiga

by - sábado, abril 30, 2016


Esta é, e com todo o sentido a primeira carta. Admito, inicialmente nem pensei escrevê-la a ti, mas à medida que a fui escrevendo (à outra pessoa) achei que estava vazia e sem propósito. Não era, certamente, a pessoa certa! E nem sei como é que demorei tanto tempo a perceber, mas acho que me perdoas, certo?


Bem... por onde começar? Antes de mais acho que deve ficar registado que temos de tirar uma foto juntas, só as duas! E mesmo que fiques com cara de mocada, eu não me importo, mas temos mesmo de tirar (de preferência antes de tu fazeres anos, pode ser?)

Sabes miúda, acho que há pessoas que não têm noção do valor que têm, e acho que tu és uma delas. Não tens ideias da diferença que fazes na vida das outras pessoas. Na minha, pelo menos! Entraste na minha vida assim de repente, de surpresa, sem eu estar à espera e tenho de te agradecer!

Desculpa, mas teve mesmo que ser

Agradecer por seres tu mesma, por seres tu, e por me dares a tua amizade. Obrigada, mesmo! Agradeço-te pelas noites em que ouviste a chorar pelo telefone enquanto me lamentava por não ter a força, a persistência nem a coragem de perseguir os meus sonhos porque como tão bem sabes, ninguém me detesta mais do que eu mesma. E obrigada por lá estares sempre, mesmo quando tudo o que eu preciso é de um abraço apertado e de um ombro para chorar.

Peço-te que nunca deixes de acreditar nos teus sonhos, sim? Entra para medicina, especializa-te em psiquiatria. Pelo menos há uma de nós que vai conseguir! E acredita que nada me deixa mais feliz do que te ver a conseguir realizar aquele que também já foi o meu objetivo.

Admiro-te muito, sabes? Admiro-te por seres quem és, por teres a força que tens para aguentares o que aguentas, pela coragem que tens, pelo empenho que demonstras, e pela tua vontade quase insana de lutar pelos teus objetivos. Basicamente por seres tudo aquilo que eu não consigo ser, porque custa, e eu não estou para isso.

Sabes, uma das razões pelas quais escolhi a imagem que escolhi para o topo deste post, é porque esta é a maneira como imagino a nossa amizade: duas estudantes frente a frente, provavelmente eu beberia café, tu chá, claro (porque o café inibe a quarta fase da mitose celular), provavelmente tu a estudares mais do que eu, provavelmente eu a tirar a foto (porque tu estarias realmente concentrada a estudar).

Miúda, não deixes nunca de seres quem és, okay? Há pessoas realmente especiais, e eu tive a sorte de ser encontrada por uma na pior fase da minha vida. Obrigada! Adoro-te muito (ainda que só se adore a Deus)!
Sempre tua,

PS. Meus caros leitores, por curiosidade, informo-vos de que esta carta será, provavelmente a única carta que será realmente lida pelo destinatário, que por acaso é a minha leitora mais fiel.

PSS. Gosto tanto de ti que fiquei a chorar! Gosto mesmo muito de ti! You're a keeper.

You May Also Like

0 comentários